2013/06/23

3676 Onde tem pisado seu cavalo

E meu anseio é
Que aqui
Onde tem pisado seu cavalo
Nascesse a erva novamente.
Eu quereria que reverdecesse
Em minhas vastas muralhas
A densa hera,
Que for construído novamente
Meu muro de Jericó
Com sólidas pedras.

Eu desejo conhecer o mapa
De sofisticados aromas
Com os que você me subjugou
E vagando eu vou a esmo
Sem poder decifrar
O cheiro de sua companhia.

E eu deliro dia por dia
Perguntando-me por dentro
E no lado de fora
Sem saber
A cor que tem o prazer
Com que me impregnou
Seu sorriso.
Publicar un comentario